quarta-feira, 23 de abril de 2014

Nissan New March já pode ser pré-reservado


Os mais interessados na chegada do Nissan March 2015, que passa a ser fabricado na cidade de Resende (RJ), já podem realizar um cadastro para a concessionária Nissan mais próxima entrar em contato assim que o modelo estiver disponível no mercado, o que ocorrerá em maio. É preciso informar o nome, CPF, telefone, e-mail, CEP, Estado, cidade e observações, caso seja de interesse. O site de cadastro é: http://nissan.com.br/novidades/.


O New March possui modificações na frente e na traseira (novos faróis, grade, para-choques, lanternas e rodas/calotas). Por dentro, a principal novidade é o painel redesenhado: agora, o hatch conta com volante do Nissan Sentra (nas versões mais equipadas, há comandos integrados a ele), saídas de ar centrais redesenhadas (agora retangulares), novo sistema de som Double-DIN, alavanca de câmbio com acabamento prateado e novos tecidos nas portas. 

Seu motor 1.6 16v Flex Fuel possui 111 cavalos e 15,1 kgfm @ 4000 rpm, seja com gasolina ou etanol. Vale lembrar que o March atual permanece sendo importado do México, porém apenas nas versões 1.0.



Audi A3 Sedan, mais acessível, parte de R$ 94 800



A Audi apresenta versões mais em conta do A3 Sedan, que vem fazendo sucesso no Brasil e até então era oferecido nas versões 1.8 TFSI e Ambition 1.8 TFSI: agora há a 1.4 TFSI, sem designação adicional, e a Attraction 1.4 TFSI. Menos equipada, a 1.4 TFSI tem preço inicial de R$ 94 800, o que o torna próximo de modelos como VW Jetta 2.0 TSI, Toyota Corolla Altis e Ford Fusion 2.5. Já a Attraction parte de R$ 99 900, com itens adicionais.


Externamente, é possível identificar a versão 1.4 TFSI pelas rodas aro 16'' de 10 raios e pela ausência dos faróis de neblina. Há doze opções de pintura da carroceria: Branco Amalfi, Preto Brilhante, Vermelho Brilhante (sólidas), Marrom Beluga, Cinza Dakota, Prata Gelo, Branco Geleira, Cinza Monção, Azul Scuba, Vermelho Shiraz (metálicas), Vermelho Mizano e Preto Fantasma (perolizadas).


A versão traz de série direção servotronic (elétrica), cinco airbags (frontais, laterais e para os joelhos do motorista), faróis de bi-xenônio com ajuste automático de altura e limpadores, lanternas em LEDs, controle de estabilidade, travamento central das portas com controle remoto a distância, rádio MMI, computador de bordo, apoio de braço dianteiro, ar-condicionado (sem duas zonas), bancos dianteiros com ajustes de altura manual e revestimento de tecido em todos os assentos, encosto do banco traseiro rebatível, iluminação cortesia no retrovisor externo, suporte ISOFIX para cadeirinhas infantis, teto moldado em tecido, volante de quatro raios, vidros laterais e traseiros com isolante térmico e temporizador do limpador de quatro níveis. Na versão Attraction, vêm de série volante multifuncional revestido em couro com shift-paddles para trocas manuais de câmbio, teto solar elétrico, sensor de estacionamento traseiro, sistema MMI com navegador e Bluetooth, manopla da alavanca de câmbio com revestimento em couro e espelho de cortesia iluminado (!).


As duas versões do Audi A3 Sedan possuem motor 1.4 Turbo com injeção direta de combustível, gerando 122 cavalos e torque de 20,4 kgfm entre 1400 e 4000 rpm. Junto ao câmbio S tronic de dupla embreagem e sete marchas, ambos aceleram de 0 a 100 km/h em 9,4 segundos e atingem velocidade máxima de 212 km/h. O porta-malas comporta 425 litros.


Agora, são oferecidos nove modelos da linha A3 no Brasil. O mais barato é o Sportback (Hatch, 4 portas) 1.4 TFSI S tronic, por R$ 90 600. A versão Attraction do modelo custa R$ 95 900. Para quem faz questão do motor 1.8 TFSI, o Sportback S tronic parte de R$ 112 400 e, na versão Ambition, custa R$ 125 100. Além dos A3 Sedan 1.4, já mostrados, há também a opção 1.8 TFSI S tronic, que custa R$ 113 700, e a versão Ambition, R$ 126 400. Há ainda o A3 Sport, duas portas, oferecido na versão 1.8 TFSI S tronic, por R$ 115 800.


terça-feira, 22 de abril de 2014

Nissan apresenta Lannia Concept


O carro-conceito Lannia, revelado durante o Salão de Pequim (China), foi concebido aos jovens chineses, nascidos após a década de 1980 e formadores de opinião: foi desenhado e construído por equipes da Nissan na China, e destinado ao mundo. Seu design lembra um aprimoramento do conceito Friend-ME, apresentado em Xangai ano passado, e os caracteres em mandarim (蓝鸟・印象) homenageiam outro modelo da Nissan, o Bluebird. No mais, medidas nem interior, tampouco especificações técnicas, foram revelados.




segunda-feira, 21 de abril de 2014

Citroën apresenta os SUVs DS 6WR e C-XR


Inspirado no DS Wild Rubis, apresentado no Salão de Xangai em abril de 2013, o Citroën DS 6WR é o primeiro utilitário esportivo a fazer parte da gama luxuosa da montadora francesa, atualmente composta por DS3, DS4, DS5 e DS 5LS. Desenhado em Paris e fabricado no China, o DS 6WR possui dimensões menores em relação ao carro-conceito que lhe deu origem: 4,55 metros de comprimento (15 cm a menos), 1,86 m de largura (9 cm a menos), distância entre-eixos de 2,73 metros (17 cm a menos) e altura de 1,61 metro (neste caso, dois centímetros a mais).


O DS 6WR contará com Grip Control (sistema que otimiza a tração dianteira em diferentes tipos de terreno e limitando o consumo de combustível e a emissão de dióxido de carbono) e duas opções de motorização, e-THP 160 e THP 200, ambos com câmbio automático de seis marchas.





--------------------------

Já o C-XR Concept é a versão Citroën do Peugeot 2008 (este será produzido em Porto Real, RJ). O modelo, que também conta com o Grip Control em detrimento de tração integral, possui 4,26 metros de comprimento, 2,65 metros de distância entre-eixos, 1,79 m de largura e 1,56 metro de altura. Sua motorização será a THP 160, com sistema Start-Stop (desligamento automático do motor em curtas paradas, como em semáforos) incluso.

domingo, 20 de abril de 2014

Audi revela o TT offroad concept


A ideia de dar ao Audi TT um jeitão off-road não é nova - o carro-conceito Steppenwolf, de 2000, já materializava tal abstração. Agora, o TT offroad concept, baseado na recém-lançada terceira geração do cupê, surge com quatro portas, propulsão híbrida e visual interessante.

Pintado na chamativa cor Sonora Yellow, o TT offroad possui 4,39 metros de comprimento, 1,85 m de largura, 2,63 metros de distância entre-eixos e 1,53 metro de altura. A conciliação dos traços do TT (frente, linhas dos vidros laterais, para-lamas com arcos arredondados, formas da traseira) com as características de utilitários esportivos como o Audi Q3 (maior altura em relação ao solo, quatro portas, molduras foscas na parte inferior da carroceria) foi das mais felizes.


O interior também é semelhante ao novo TT, incluindo o volante de base achatada basicamente idêntico ao da versão quattro sport concept, o quadro de instrumentos digital de 12,3 polegadas e as saídas de ar circulares com informações do ar-condicionado integradas. O motor a combustão, 2.0 TFSI, produz 292 hp e 38,7 kgfm. Já o conjunto elétrico gera 40 kW e 22,4 kgfm, permitindo autonomia de 50 quilômetros. Operando em conjunto, geram 408 hp e 52,5 kgfm de torque, suficientes para levá-lo de 0 a 100 km/h em 5,2 segundos, com fôlego para chegar a 250 km/h (velocidade máxima limitada eletronicamente), chegando a 880 km de autonomia, poluindo pouco (45 gramas de dióxido de carbono por quilômetro rodado) e consumindo menos ainda: 52,6 km/l. 


BMW Vision Future Luxury: o novo Série 7?


A BMW revela no Salão de Pequim (China) o Vision Future Luxury, um conceito que poderá antecipar o estilo externo e o interior da nova geração do sedan de alto luxo Série 7. Sua carroceria é marcada por áreas limpas, fortes vincos e faróis e lanternas bastante finos e horizontais. Falando neles, lasers iluminam à frente (além de não ofuscarem, possuem brilho até 10 vezes superior aos LEDs) e, na traseira, é aplicada a tecnologia OLED (diodos emissores de luz orgânicos, mais finos, flexíveis e de iluminação bastante uniforme). Como no Rolls-Royce Phantom (vale lembrar que a fabricante britânica atualmente pertence à BMW), as portas traseiras abrem-se em sentido inverso às dianteiras. Para facilitar o acesso ao interior, o pilar central de sustentação, de carbono, é integrado aos bancos dianteiros. São quatro assentos, separados por um largo e alto console central.



O motorista dispõe do Vision Head-Up Display, que projeta no para-brisa informações como velocidade instantânea, autonomia, identificação da velocidade máxima através da leitura das placas na via e luz do semáforo no instante, entre outras informações. A alavanca de câmbio está numa posição elevada, próxima do condutor. Motorista e passageiro da frente contam com duas telas individuais, e os passageiros de trás contam com tablets destacáveis, todos em rede com o sistema BMW ConnectedDrive. Os passageiros de trás podem conferir a velocidade instantânea e o tempo estimado de viagem, além de escutarem músicas ou jogarem durante o trajeto. Tudo isso num ambiente bastante agradável, com acabamento que mescla couro marrom, bancos na cor bege e apliques de madeira.


Dê um like!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...