segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Chevrolet lança Trailblazer com motor 3.6 de 277 cv


Após o lançamento da Chevrolet S10 com motor 2.5 Ecotec Flex, é a vez do Trailblazer chegar à linha 2015 com atualizações no interior, suspensão e transmissão recalibrados, além da atualização do motor 3.6 HFV6 a gasolina: com injeção direta de combustível, o utilitário rende 277 cavalos (ganho de 38 cv) e se torna o veículo de passeio nacional mais potente já produzido.


Com a injeção direta de gasolina SIDI (Spark Ignition Direct Injection) na câmara de combustão, a economia de combustível do motor 3.6 pode chegar a 4%. O propulsor também conta com quatro comandos de válvulas continuamente variáveis, bloco em alumínio com ferro fundido nodular, pistões em alumínio com pino flutuante e resfriamento por jatos de óleo, além de coletor de exaustão integrado ao cabeçote. Além do mencionado ganho de potência, o torque foi elevado de 33,5 kgfm para 34,5 kgfm. Um gráfico no computador de bordo ajuda o motorista a guiar de forma mais econômica. Mas para quem quiser acelerar... o tempo de aceleração de 0 a 100 km/h declarado pela Chevrolet é de 7,6 segundos!

O câmbio automático de seis marchas ganha nova calibração, e o sistema de isolamento acústico foi reforçado. O motor 2.8 turbodiesel com 200 cavalos de potência e 51 kgfm de torque segue sem alterações.


O painel ganha tonalidade mais sóbria (Brownstone) e textura mais agradáveis ao toque, além de molduras em preto brilhante e detalhes cromados, aplicados à alavanca do câmbio e ao aro do sistema do ar-condicionado digital.


Com os sete bancos ocupados, a capacidade do porta-malas é de apenas 205 litros; rebatendo-se as segunda e terceira fileira de bancos, a capacidade chega a 1830 litros (foto).


A suspensão dianteira foi recalibrada para deixar as buchss mais rígidas, e a direção, mais direta e estável. Há ainda um novo pacote de isolamento acústico.


Oferecido somente na versão LTZ, o Trailblazer vem equipado com airbags frontais, laterais e de cortina, rodas aro 18'', lanternas de LEDs, controles eletrônicos de tração e de estabilidade (TC e ESP), controle de balanço de reboque (TSC), que aciona automaticamente os freios e reduz o torque do motor, caso seja detectado alteração da trajetória do reboque; assistente de partida em rampas, assistente de descida, banco do motorista com regulagens elétricas e sistema multimídia Chevrolet MyLink com GPS e câmera de ré.

Com garantia de 3 anos sem limite de quilometragem, o Trailblazer está disponível nas cores Branco Summit, Carbon Flash, Prata Switchblade, Cinza Aztec, Cinza Cyclone, Cinza Evenstar e Verde Deepwood, ao preço de R$ 147 790 na nova versão V6. A versão 2.8 movida a diesel subiu de preço e agora custa R$ 173 490.

Ford começa a vender Ka+, partindo de R$ 37 890


A Ford inicia as vendas do Ka+, a versão sedan do recém-chegado compacto que, em setembro, contabilizou mais de 7000 unidades comercializadas. De frente, o diferencial em relação ao Ka hatch é a grade, com filetes horizontais. A partir da versão de entrada, 1.0 SE (R$ 37 890), o Ka+ traz ar-condicionado, direção elétrica, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas, chave tipo canivete com controle remoto, rádio MyConnection com Bluetooth, compartimento MyFord Dock (recurso para fixação de celular), rodas aro 14” com calotas, pneus verdes 175/65, desembaçador traseiro, ajuste de altura da coluna de direção, tapetes de carpete, airbags frontais e freios ABS com distribuição eletrônica (EBD) e controle de frenagem em curvas (CBC) de série. 


A versão 1.0 SE Plus (R$ 39 890) conta ainda com SYNC, que traz CD/MP3 Player, Bluetooth, entrada USB, comandos de voz e atalhos no volante, sistema AppLink para acesso a aplicativos de smartphones e o Assistência de Emergência (que realiza uma chamada automática ao SAMU em caso de acidentes com corte do combustível ou acionamento dos airbags), além de vidros elétricos traseiros.


Já o Ka+ 1.0 SEL (R$ 42 490) dispõe de controles eletrônico de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, rodas de liga leve aro 15” (idênticas às do Fiesta SE), pneus verdes 195/55, faróis de neblina, computador de bordo, alarme volumétrico, ajuste de altura do banco do motorista, grade dianteira com aplique cromado e lanternas escurecidas. 


Além do motor 1.0 12V TiVCT, de três cilindros e 80 cavalos com gasolina/85 cv com etanol, há a opção do 1.5 16V Sigma, de 105/110 cv (com gasolina/etanol, nesta ordem), que eleva os preços das versões SE, SE Plus e SEL para R$ 42 890, R$ 44 890 e R$ 47 490, respectivamente. Seu porta-malas possui capacidade de 445 litros, dobradiças pantográficas e abertura elétrica.


Citroën apresenta DS3 reestilizado no Brasil


O desejado Citroën DS3 passa por sua primeira atualização visual, passados pouco mais de dois anos do início de sua comercialização no Brasil, trazendo ainda novos equipamentos e preço menor. As modificações promovidas no compacto abrangem os LEDs com efeito tridimensional nos faróis e lanternas, além de novas rodas diamantadas aro 17''. Os diodos emissores de luzes, acompanhados dos faróis de bi-xenônio, reduzem o consumo de energia de 35% (farol baixo) a 75% (farol alto), tendo durabilidade de 20 000 horas, 20 vezes mais que lâmpadas halogenas. Poucas alterações, porém suficientes para reestilizar o hatchback sem descaracterizar seu design original.


Por dentro, destaque para o novo sistema de navegação GPS com mapas do Brasil em duas ou três dimensões e tela colorida de sete polegadas, com compatibilidade iPod e USB, leitura de músicas nos formatos ACC, FLAC, MP3, OFF, OGG e WMA, áudio streaming e viva-voz Bluetooth, sistema de som hi-fi com caixa de som central e subwoofer amplificado no porta-malas, além de câmera de ré acima da placa traseira, ativada quando se engata a marcha a ré e complementar aos sensores de estacionamento. O DS3 ganha de série o sistema de frenagem automática quando há iminência de colisão: um sensor de laser de curto alcance localizado no para-brisa detecta objetos em movimento à frente, e aciona os freios de forma automática em velocidades de até 30 km/h.


Na linha 2015, há ainda novas combinações de cores: Gris Aluminium (metalizado) e Bleu Infini, Bleu Encre (azul marinho metalizado) e Blanc Opale, Blanc Nacré (perolizado) e Bleu Infini, Whisper (metalizado) e Blanc Opale. É possível também personalizar o acabamento do painel, pomo da alavanca de câmbio, rodas e calotas, além de escolher adesivos externos.


O motor 1.6 THP de 16 válvulas traz injeção direta de combustível, turbo de alta pressão, potência de 165 cavalos a 6000 rpm, torque de 24,5 kgfm @ 1400 rpm e o recurso Overboost nas terceira, quarta, quinta e sexta marchas, aumentando temporariamente a pressão do turbo e elevando o torque para 26,5 kgfm. Assim, o DS3 acelera de 0 a 100 km/h em 7,3 segundos, retoma de 30 a 60 km/h (em terceira marcha) em 3,7 segundos, realiza a retomada de 60 a 90 km/h em 4,3 segundos (em quarta marcha) e chega à velocidade máxima de 219 km/h.

O DS3 traz de série controle eletrônico de estabilidade (ESP), freios ABS, Repartidor Eletrônico de Frenagem (REF), Ajuda à Frenagem de Emergência (AFU), seis airbags e sistema Isofix de fixação de cadeirinhas infantis. 


Para chegar ao preço de R$ 79 990, no entanto, o DS3 perdeu alguns itens, agora disponíveis como opcionais. O Pack Conforto (R$ 85 890) abrange sensor de estacionamento traseiro com indicadores sonoros e gráficos, faróis com acendimento automático, GPS com tela de 7 polegadas, sensor de chuva, retrovisor elétrico eletrocrômico e retrovisores externos rebatíveis. Há o Pack Couro, com manopla de câmbio e bancos dianteiros aquecíveis revestidos neste material, e o Pack Tecnologia (R$ 89 880), que abrange as rodas aro 17'' das imagens, câmera de ré, faróis Full LED e sistema de som Hi-fi. Sua garantia contratual é de três anos, com 12 anos de garantia anticorrosão perfurativa e revisões em intervalos regulares de 10 000 km.


domingo, 19 de outubro de 2014

Fiat apresenta série Hard Working da Strada


A Fiat Strada passa a estar disponível na série especial Hard Working, que conta com detalhes de estilo exclusivos. Disponível com cabine simples, estendida ou dupla (nestas fotos), a picape recebe de série ar-condicionado, para-brisa degradê, direção hidráulica, travas elétricas e vidros elétricos dianteiros com função um-toque e antiesmagamento (já de série na Strada Cabine Dupla), volante com regulagem de altura, faróis de neblina, preparação para rádio (dois alto-falantes e antena), abertura elétrica da tampa do tanque de combustível, janela traseira corrediça (nas versões Cabine Curta e Estendida), brake-light (!), rodas de aço com pintura na cor cinza (aro 15'' de liga leve opcionais), pneus de uso misto e logotipo Hard Working nas soleiras das portas e na lateral traseira. 


A Strada Hard Working Cabine Curta parte de R$ 42 770, enquanto a versão com cabine estendida sai por R$ 46 060. Já a Cabine Dupla custa R$ 51 190, ou R$ 51 690 com as rodas de liga leve.


Recall do Chevrolet Tracker Freeride - e mais um do Sonic


A Chevrolet anuncia recall para os modelos Sonic e Tracker. No caso do utilitário, estão envolvidas as unidades da versão Freeride, equipada com câmbio manual, fabricadas de 4 de junho de 2013 a 28 de janeiro de 2014, que podem apresentar falha no cilindro de ignição, onde a chave é inserida. Com o desgaste de seu mecanismo interno, poderá ocorrer a partida involuntária ao se encaixar a chave na ignição. Desta forma, o carro pode se locomover para a frente ou para trás (dependendo da marcha engatada) e se desligar, gerando riscos de acidentes e atropelamentos.


A linha Sonic, recentemente convocada para recall de substituição do tanque de combustível (veja aqui), padece do mesmo problema do cilindro de ignição que afeta o Tracker, envolvendo unidades fabricadas entre 13 de julho de 2011 e 19 de março de 2014, modelos 2012, 2013 e 2014. Estes modelos começam a ser reparados no dia 27 de outubro, mediante agendamento prévio. Até lá, recomenda-se que, imediatamente após desligar o veículo, retire-se a chave da ignição.

O atendimento ocorre de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h, e o tempo estimado para a execução deste serviço é de 30 minutos.

Chassis envolvidos

Tracker - de EL102596 a EL180182
Sonic - de CB029819 a ES639996

Maiores informações

0800 702 4200
www.chevrolet.com.br

sábado, 18 de outubro de 2014

Novidades da VW para o Salão de São Paulo


A Volkswagen do Brasil reserva a apresentação de seis modelos para o Salão do Automóvel de São Paulo, aberto ao público no Pavilhão Anhembi entre os dias 30 de outubro e 9 de novembro: SpaceFox, Space Cross e Jetta reestilizados, além das versões especiais de Saveiro (Surf), Fox (Pepper) e Amarok (Dark Label).


A SpaceFox 2015 segue a reestilização aplicada ao Fox, com pequenos detalhes diferenciais. Na frente, há filetes cromados na grade superior; atrás, lanternas e para-choque receberam leves redesenhos. A perua (ou sportvan, como prefere a VW) será ofertada nas versões Comfortline e Highline, com opção dos motores 1.6 MSI de oito ou 16 válvulas, além de câmbio manual de cinco/seis marchas ou o automatizado I-Motion, de cinco marchas.


Outras novidades entre os equipamentos são: rádio/navegador RNS 315 com tela sensível ao toque, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, luzes de conversão estática nos faróis de neblina, controle de estabilidade (ESC) e novo volante multifuncional.


O sedan Jetta recebe o mesmo visual da nova linha oferecida nos Estados Unidos, e será produzido também no Brasil a partir do primeiro semestre de 2015 (na fábrica Anchieta, SP), para somar com as unidades importadas do México. A versão Highline manteve o motor 2.0 TSI de 211 cavalos, aliado ao câmbio automático DSG com dupla embreagem e seis marchas.


Quando o Fox foi lançado, nos idos de 2003, foram boladas duas versões conceituais do hatch, até então produzido somente com duas portas: Pepper, de apelo esportivo, e CrossFox, o aventureiro urbano que passou a ser produzido dois anos depois. O atual Fox Pepper ainda é conceitual, e estará no Salão para ser avaliado pelos visitantes. Pintado na cor Vermelho Tornado, com detalhes contrastantes na cor preta, o Pepper possui o mesmo para-choque frontal da Space Cross, além de destoantes molduras nas caixas de roda. A grade frontal incorpora um filete vermelho a la Golf GTI.


Seu motor é o 1.6 MSI de 120 cavalos com etanol, e o câmbio, manual de seis marchas. O Fox Pepper acelera de 0 a 100 km/h em 9,8 segundos e atinge a velocidade máxima de 189 km/h, quando abastecido com etanol. Com gasolina, são 10,3 segundos para o 0 a 100 km/h e 183 km/h de velocidade máxima.


A perua Space Cross incorpora personalidade aventureira com para-choque dianteiro que ostenta ampla grade tipo colmeia, faróis auxiliares com as funções de luzes de neblina, longo alcance e de conversão estática, além da suspensão elevada, com acerto específico de geometria de suspensão. Seu motor é o 1.6 MSI de 120 cv, com câmbio manual de seis marchas (o automatizado I-Motion é opcional). O modelo traz itens de série como controlador eletrônico de velocidade, função “coming & leaving home” dos faróis, sensores crepuscular e de chuva, além de retrovisor interno eletrocrômico.


A Saveiro Surf está de volta, oferecida com cabine simples e visual diferenciado: grade tipo colmeia com friso cromado, faróis de dupla parábola com máscara negra, faróis de neblina, molduras das caixas de roda, adesivos Surf nos para-lamas dianteiros, santantônio e rodas de liga leve aro 15” "Sepang". A picape vem com freios a disco nas quatro rodas, com ABS e EBD.



Por fim, a Amarok Dark Label, baseada na versão intermediária Trend8ne, possui elementos na cor preto fosco (santantônio, estribos laterais, maçanetas externas, retrovisores e para-choque traseiro), rodas aro 17'' "Roca", vidros laterais traseiros e vigia escurecidos, spoiler dianteiro, lanternas traseiras escurecidas e adesivo nas portas traseiras.


Equipada com controle de estabilidade (ESC), assistente de partida em subida (HHA) e controle automático de descida (HDC), a Amarok Dark Label possui motor 2.0 biturbo a diesel de 180 cv, transmissão automática de 8 velocidades e tração integral permanente 4MOTION.


Dê um like!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...