domingo, 30 de setembro de 2012

Comercial: Renault Duster


sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Campanha - Toyota Etios


Mercedes exibe Classe B e SLS elétricos


A Mercedes-Benz mostra dois modelos da linha Electric Drive. Os modelos Classe B e SLS foram os escolhidos para apresentar as novas tecnologias e deverão estar nas lojas em 2014.


O Classe B possui motor elétrico de 100 kW - a montadora estima que a carga de bateria para se rodar 100 km seja dada em uma hora. A autonomia total é de 200 km. Ele faz de 0 a 100 km/h em pouco menos de 10 segundos, porém limitado a 150 km/h.


O SLS possui quatro motores elétricos, um em cada roda. Juntos, produzem 552 kW, equivalentes a 740 cavalos. Assim ele consegue um tempo de 0 a 100 km/h parelho ao do modelo a gasolina: 3,9 segundos. A velocidade máxima é limitada eleronicamente a 250 km/h.


quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Meta pouco ambiciosa [Alta Roda]


Primeiro compacto produzido pela Toyota no Brasil aguça as análises. Afinal, o Etios é produto do atual maior fabricante de veículos do mundo, mas parece que faltou alguma coisa. O carro foi lançado em dezembro de 2010 na Índia. Claro que a marca japonesa fez modificações como melhor isolamento acústico, índice de rigidez da carroceria 15% superior, alguns materiais de acabamento diferenciados, porém o carro essencialmente é o mesmo.


Como não é oferecido com motor de 1 litro no exterior, já aparece em desvantagem de preço. Parte de R$ 30.000, no entanto com menos equipamentos que os rivais, pois o IPI onera em 4% seu custo. Em torno de 45% dos carros vendidos hoje têm motores de 1 litro, mas entre os compactos a proporção está próxima de 60%. Desconsiderar esse cenário talvez funcione para a versão sedã do Etios e nada no hatch.

Estilo não se destaca: faróis, laterais, além do perfil do sedã, estão longe de agradar. Em relação à sobriedade do Gol, a atualização do Palio ou o arrojo do HB, destoa bastante. Problema maior está no interior: má visibilidade do quadro de instrumentos central, saídas de ar assimétricas, macaco sob o banco do motorista (mesmo no sedã, com seu enorme porta-malas de 562 litros). Há regulagem da altura do volante, mas não do banco e nem de ancoragem do cinto.


Espaço interno, especialmente para cabeça e pernas no banco traseiro, além do assoalho quase plano, o redimem em parte. Vidros das amplas portas traseiras do sedã abrem só até a metade, embora espaço atrás rivalize com Logan, Cobalt e Grand Siena. Porta-malas do hatch (270 litros) está na média do segmento. O tanque de 45 litros limita a autonomia. A Toyota colocou aviso, sem sentido, na portinhola do tanque, para abastecer com gasolina a cada 10.000 km. Afinal, é flex ou não? O que acontecerá se rodar apenas com etanol?

Rodar com o Etios ameniza suas fraquezas. Motor moderno, em alumínio (multiválvulas e duplo comando), de 1,3 l/90 cv é vivo, silencioso e forma um conjunto particularmente agradável com o câmbio. A 120 km/h o motor está a confortáveis 3.500 rpm. Versão XLS do hatch oferece o de 1,5 l/96,5 cv por R$ 42.800 e até sobra, considerando seu peso abaixo de 1.000 kg. No sedã, este é o único motor disponível, e ainda mais agradável em estradas. Seus preços vão de R$ 38.900 a R$ 44.700 e, novamente, não se enquadra na melhor relação preço-benefício.


A fábrica espera enquadrar ambos em nível A, no programa de etiquetagem de consumo do Inmetro. Característica diferente é que, no caso do motor de 1,3 l, a diferença é muito pequena entre cidade e estrada: 8,5 km/l e 9 km/l, etanol; 12,5 km/l e 13 km/l, gasolina.

Suspensões mostram a tradicional eficiência da marca quanto ao equilíbrio entre firmeza e conforto, além de absorver com eficiência as piores condições de piso. Passa sensação de solidez construtiva e sem ruídos. É ponto alto do carro. Direção eletroassistida, também precisa e macia, tem volante de boa pega, mas ligeiramente enviesado.

O que deixa sensação de pouco foco nas diferenças entre os mercados indiano e brasileiro aparece em economias explícitas. Tampa traseira do hatch possui apenas uma mola a gás e uma cordinha de sustentação do tampão do porta-malas. Compartimento do motor e parte interna do capô sem pintura igual à da carroceria. Não há para-brisa degradê e nem opção de câmbio automático ou automatizado.


O Etios pode vender as 70.000 unidades/ano esperadas, apenas pela força da marca. Ambição modesta, como o carro.


RODA VIVA


NOVO compacto da Chevrolet, Onix estará à venda no final de outubro. Pensava-se, inicialmente, que utilizaria a arquitetura mais nova GSV (em português, veículo pequeno global), presente nos Sonic, Cobalt e Spin. Parece, no entanto, mais uma derivação do Corsa de primeira geração, que já gerou o hatch argentino Agile. GM não confirma e nem desmente. [Nota: pessoas que trabalham na Chevrolet asseguram que a plataforma do Onix será a GSV.]

VOLKSWAGEN anunciou que airbags dianteiros e freios ABS passam a vir de série no Fox, com motor de 1,6 l, ao preço de R$ 1.000. Portanto, está aí a referência mais direta sobre quanto os modelos na faixa acima de R$ 35.000 podem encarecer até 2014, quando a obrigatoriedade surgir. Com motor de 1 litro (IPI menor) adicional deve ser um pouco menos.

PALESTRA de Marcos Borges, do Inmetro, em seminário da Ford sobre eficiência energética, em São Paulo, confirmou que emissões de CO2 terão metas de redução oficiais. O instituto prepara um guia para o consumidor, a ser lançado no próximo Salão do Automóvel, em outubro, no Anhembi. O fabricante detalhou o downsizing do motor EcoBoost (2 l/240 cv) do novo Fusion.

LACRADAS as portas do Museu do Automóvel, em Brasília, depois do Ministério dos Transportes ter requisitado o imóvel, de sua propriedade, para uso menos nobre. Para a capital federal não ficar sem memória histórica sobre a máquina que mudou o mundo, era necessária mais sensibilidade pelo menos por parte da administração distrital da cidade.

Fernando Calmon (fernando@calmon.jor.br), jornalista especializado desde 1967, engenheiro, palestrante e consultor em assuntos técnicos e de mercado nas áreas automobilística e de comunicação. Sua coluna automobilística semanal Alta Roda começou em 1º de maio de 1999. É publicada em uma rede nacional de 98 jornais, sites e revistas. É, ainda, correspondente no Brasil do site just-auto (Inglaterra).




Audi apresenta Crosslane Coupé Concept


O Audi Crosslane Coupé possui suas particularidades de carro-conceito, mas seu design de formas retas e bem definidas antecipa algumas linhas do futuro Q2, que se soma aos outros SUVs da Audi (Q3, Q5 e Q7). Seu teto parcialmente de lona pode ser escamoteado, transformando o Crosslane num conversível (abaixo).



O principal destaque é a propulsão híbrida: o motor 1.5 TFSI de três cilindros movido a gasolina de 130 hp e outros dois elétricos geram 177 hp, que garantem tempo de 0 a 100 km/h de 8,6 segundos, ou 9,8 no modo elétrico - com fôlego para alcançar 182 km/h. O destaque está no consumo de combustível: somente 1,1 litro por 100 quilômetros, o que dá pouco mais de 90 km/l!


Honda CR-Z estreia novidades na linha 2013


A despeito das imagens escuras, este é o Honda CR-Z 2013, revelado oficialmente pela montadora e que estará no Salão de Paris. O esportivo híbrido ganhou novos para-choques, grade, rodas e duas novas cores: Energetic Yellow e Aurora Violet (modelo das fotos).


A potência do motor 1.5 a gasolina passou de 114 para 121 cavalos, que somado à bateria de íon de lítio, que dobrou de força (10 para 20 kW), a potência combinada é de 137 cavalos @ 6600 rpm. O tempo de 0 a 100 km/h é de 9,0 segundos (7 décimos menos) e a velocidade máxima é de cerca de 200 km/h.


Renault e Toyota exibem novas peruas em Paris


As montadoras Toyota e Renault apresentam no Salão de Paris novas station wagons - tipo de carroceria que faz sucesso no mercado europeu. O Auris Touring Sports possui 2,6 metros de entre-eixos e design da traseira semelhante ao do hatchback: lanternas horizontais e vincos definidos por toda a carroceria.


O Renault Clio IV - quem diria! - estreia a versão perua. Ela possui capacidade do porta-malas de 463 litros.                      


Porsche apresenta Panamera Sport Turismo


A Porsche exibe no Salão de Paris um carro-conceito que adota a carroceria station wagon. O Panamera Sport Turismo Concept, apesar do nome, tem pouco em comum com o "cupê de quatro portas" lançado em 2009. O design tem um quê de Porsche 918, o novo supercarro da montadora alemã.                          


O concept-car é híbrido: gera 416 hp (o motor a gasolina é um 3.0 V6 de 333 hp) e possui autonomia de 30 quilômetros rodando apenas com a força da bateria, a no máximo 130 km/h. A Porsche divulga tempo de 0 a 100 km/h de menos de 6 segundos, emitindo apenas 85 gramas de CO2 por quilômetro rodado.

     

Novo Sandero, agora na versão Stepway


A Dacia apresenta no Salão de Paris (França - de 29/09 a 14/10), além dos renovados Sandero e Logan, o novo Stepway, versão de proposta aventureira. O modelo ganha apliques e maçanetas sem pintura, rodas aro 16'', rack de teto e seção inferior dos para-choques prateada.



O Sandero Stepway terá na Europa o inédito motor TCe 90, um 0.9 três-cilindros turbinado que rende 90 hp e emite 120 g de CO2 por quilômetro rodado.


Lamborghini Gallardo ganha atualização


Não foi desta vez que a Lamboghini anunciou aposentadoria do atual Gallardo, em linha desde 2003. O esportivo recebeu uma reestilização, recebendo para-choques dianteiro e traseiro que já não harmonizam mais com o estilo da carroceria, e novas cores e rodas (as do modelo da foto são "Apollo polish" aro 19'').


O sobrenome do Gallardo mudou para LP560-4. O modelo possui motor 5.2 V10 de 550 hp @ 8000 rpm, indo de 0 a 100 km/h em 3,7 segundos, podendo alcançar 325 km/h. No Salão de Paris, o Gallardo será apresentado também na versão LP570-4 Edizione Tecnica, com 570 hp, e da versão Spyder.

 


quarta-feira, 26 de setembro de 2012

VW apresenta Golf BlueMotion e GTI


Mal saiu do forno, o VW Golf VII serve como base para dois concept-cars no Salão de Paris. O GTI traz visual arrojado, com para-choque dianteiro que contém entradas de ar ao estilo Audi R8, além do esmero nos detalhes, como as rodas. Apesar da apresentação como carro-conceito, parece praticamente pronto para surgir nas ruas (europeias...).
 
 
O Golf GTI VII traz motor 2.0 TFSI de 220 cavalos. O tempo de 0 a 100 km/h é de aproximados 6,5 segundos.
 

Mais discreto, porém igualmente ambicioso, o Bluemotion é apontado pela VW como mais eficiente e menos poluente do que o Golf VI equivalente - a emissão de CO2 por quilômetro rodado, de 85 g/km, mereceu menção num adesivo posicionado na parte inferior das portas. O consumo equivale a 31,25 km/l.

 

Suzuki começa a divulgar Grand Vitara 2013


A Suzuki apresenta no Brasil o Grand Vitara reestilizado, passando a ser idêntico ao modelo japonês (lá, é conhecido como Suzuki Escudo). O SUV ganha grade e para-choque dianteiro reestilizados, novas rodas aro 17''. O interior possui rádio e ar-condicionado com visores em vermelho. 



Equipado com motor 2.0 16v a gasolina de 140 cavalos, o Grand Vitara é oferecido em quatro versões. A 2WD (tração nas rodas dianteiras) manual custa R$ 72 914, subindo para R$ 80 300 com câmbio automático. Já o 4WD parte de R$ 81 875 com câmbio manual e chega a R$ 88 025 com câmbio automático.



Imagens do novo Jaguar F-Type



A Jaguar apresenta amanhã o novo roadster F-Type, no Salão de Paris, mas suas fotos são divulgadas antes, de forma extraoficial. Nota-se claramente sua ligação no design com o carro-conceito C-X16, apresentado no ano passado.


O F-Type terá três opções de motorização: 3.0 V6 de 335 ou 375 cavalos e um 5.0 V8, ainda sem potência confirmada.


Dê um like!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...