terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Avaliação do Chevrolet Celta LS


Amado por uns, odiado por outros, o carro que abre a temporada de avaliações do Auto REALIDADE é o Chevrolet Celta, que completa doze anos no mercado nacional. De 2000 para cá algumas coisas mudaram, mas nunca deixou de ser o modelo de entrada da linha GM. A versão avaliada foi a LS, mais simples.


A linha 2012 do Celta foi apresentada... em fevereiro do ano passado. O modelo recebeu retoques externos e internos para não perder mercado até a chegada de seu sucessor, o Projeto Ônix, no primeiro semestre de 2013.


Foram alterações pequenas. A frente ganhou para-choque com grades redesenhadas (a grade superior é bipartida, com o logo dourado da Chevrolet sem o aro cromado) e faróis escurecidos. 


Na lateral, só as calotas e o logotipo “LS” são novos. E na traseira, só o “novo” emblema da Chevrolet e as lanternas fumê. 


Contudo, as pequenas mudanças remoçaram o Celta, embora ele não possa ser classificado como totalmente novo, como o Uno ou o Gol Geração 5.


Por dentro, o Celta também ganhou alterações. O visor de horas e quilometragem passou da cor amarelada para o “Ice Blue” presente em outros modelos da Chevrolet. O quadro de instrumentos tem nova tipologia, o volante tem novo desenho (e na teoria permitiria a instalação de um air-bag), o pomo da alavanca é novo, os botões de ar-condicionado tem novo desenho (parecido com o de Agile, Montana e Cobalt) e os bancos possuem nova estampa.

De resto, mantém suas qualidades e defeitos. O consumo e o seguro estão a favor do Celta, assim como o desempenho: no tiro rápido que fizemos hoje no modelo, percorria-se as ruas com facilidade, com boas retomadas: mérito do motor 1.0 VHCE introduzido em 2009, de 77/78 cavalos com etanol. O espaço interno, no entanto, comporta mal uma pessoa de 1,80 metro na frente e outra de mesma altura atrás, que ficaria sem poder posicionar as pernas corretamente. Sem falar que o encosto de cabeça dos bancos da frente é fixo, o que pode causar o “efeito chicote” num acidente, pois não alcança a cabeça dos mais altos. Já os encostos traseiros são de série (no Mille são opcionais e no Gol Geração 4 não estão disponíveis) e reguláveis em altura.


Seu porta-malas de 260 litros está na média do segmento, e recebe apenas a iluminação da placa, que fica no para-choque.

A suspensão lhe garante boa estabilidade em curvas, mas compromete bastante o conforto, trepidando em pisos que Palio e March passariam invictos. Às vezes se tem a sensação de estar num carro usado, por conta de certas vibrações.


Para quem está de olho em um Celta, o momento de levar um é agora. Estão ocorrendo promoções do modelo em algumas concessionárias, para esgotar o estoque dos modelos 2011/2012. Quanto mais próxima a estréia do Chevrolet “Ônix” estiver, pior vai ser para quem comprar um Celta, por conta da desvalorização – apesar de o hatch ser um dos carros que menos perde valor em um ano do Brasil, esses novos donos perderão a oportunidade de levar para casa um modelo renovado e melhor do que o Celta. Aproveite os pátios cheios e peça descontos...


O Celta LS duas-portas sem opcionais tem valor sugerido de R$ 26 008, valor que pode ficar abaixo dos 23 mil com as promoções. O LS quatro-portas custa R$ 27 558 na tabela, valor que também pode baixar na concessionária. Estes modelos trazem muito pouco de série: calotas, ajuste da altura dos cintos de segurança dianteiros, conta-giros, para-choques da cor do veículo, indicador de temperatura do motor e de combustível analógicos, preparação para som, porta-moedas, brake-light e forração parcial de tecido nas portas. Apesar de parecer muito, é o mínimo para um carro. O LT sumiu do configurador da Chevrolet.


Veredicto: Definir o Celta como sendo um carro bom ou ruim depende especialmente do objetivo do proprietário. Para um carro popular, o Celta apresenta baixo custo de manutenção, seguro e combustível, oferece boa agilidade na cidade, baixa desvalorização... mas pesam contra o espaço interno, a segurança (não é possível equipá-lo com airbags ou freios ABS), a suspensão dura e a falta de equipamentos de série - e também de opcionais. Não que o Celta os tenha, já que com os acessórios vendidos apenas nas concessionárias, pode atingir R$ 33 616.


Nota Final

7,9

Bônus


A Chevrolet já está disponibilizando nas concessionárias o Corsa Hatch e o Meriva linha 2012 – o último ano de produção dos dois carros. Ambos podem contar com air-bag duplo como opcional, como o modelo das fotos.


Dezoito montadoras estarão livres da nova alíquota do IPI


De acordo com a edição de hoje do Diário Oficial da União, 18 marcas cumprem os requisitos de 65% de industrialização nacional. Desta forma, elas não terão o reajuste de IPI de 30% para modelos importados fora do eixo Mercosul-México. São elas:

Agrale
Chevrolet
Fiat
Ford
Honda
Hyundai
International
Iveco
MAN
Mitsubishi
Mercedes-Benz
Nissan
Peugeot-Citroën PSA
Renault
Scania
Toyota
Volkswagen
Volvo


Ford chega à marca de 800 000 Fiesta produzidos no Brasil


O Ford Fiesta RoCam Hatch chega à marca de 800 mil unidades produzidas no Brasil, mais precisamente em Camaçari, Bahia. O carro que representou a marca foi um 1.6 Flex, na cor vermelho. A Ford inicia a promoção Upgrade, estrelada pela cantora Claudia Leitte, para oferecer o Fiesta 1.6 Flex pelo preço do 1.0, segundo a própria montadora.

No ano de 2011, o Fiesta RoCam foi o modelo mais comercializado da Ford, com 118 260 unidades contabilizadas, nas versões hatchback e sedan. O modelo foi lançado em 2002, com re-estilizações feitas em 2007 e 2010. A última aposta para o modelo foi o kit de acessórios Storm.

Donos de Chevrolet Agile e JAC J3 expõem os defeitos de seus carros em vídeos



O proprietário deste Chevrolet Agile relata que houve um problema na caixa de direção hidráulica, além do acendimento da luz de injeção eletrônica. A chave do carro se partiu.



Já o vídeo do JAC J3 Turin mostra que o travamento das portas via controle não funciona, permitindo a uma pessoa abrir a porta para só depois o alarme disparar. Mas foram relatados problemas no ar-condicionado, na suspensão, nos freios, nas setas, na tampa do porta-malas, além de vazamentos de óleo e de fluido da direção.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Volkswagen SpaceFox 2012 é convocado para recall


A "spacevan" (designação da própria marca) Volkswagen SpaceFox terá 6731 unidades do modelo 2012 convocadas para o recall da substituição dos cintos de segurança do banco traseiro (no caso, os ancorados nas colunas), que podem não travar corretamente quando exigido.

Chassis envolvidos 

CA 500 000 e CA 521 803
C4 017 407 a C4 072 594

Maiores informações

0800 019 5775
www.vw.com.br

domingo, 29 de janeiro de 2012

BMW Série 1 será produzido em Santa Catarina


É um fato conhecido que a BMW planeja fabricar alguns modelos de sua linha no Brasil, mas agora há a definição sobre qual Estado é o escolhido para a planta brasileira: Santa Catarina. A informação foi divulgada pela revista Veja. A decisão oficial da construção da fábrica será dada em fevereiro e a localização da cidade escolhida ainda não foi informada.

O modelo a ser produzido é a nova geração do hatchback Série 1. A BMW negocia a proporção da nacionalização, hoje exigido em 65% dos componentes do carro logo "de cara", para ser menor no início e crescer após algum tempo.


sábado, 28 de janeiro de 2012

Ford Focus ST-R é apresentado na prova Grand-Am 200


A prova Grand-Am 200, que ocorre hoje e amanhã em Daytona, foi o local escolhido pela Ford para a apresentação de uma versão do Focus preparada para corridas: a ST-R.


O Focus ST-R compartilha diversas peças com o modelo de rua, para competir em diferentes categorias sem grandes modificações. No interior, gaiola de proteção (atendendo à exigências da FIA), freios e suspensão modificados e motor 2.0 EcoBoost de 250 cavalos e 36,6 mkgf de torque.


sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Peugeot 408 THP custa R$ 2000 a menos que o anunciado


No Auto REALIDADE foram dadas informações detalhadas sobre o Peugeot 408 THP, equipado com motor 1.6 turbo de 165 cavalos. Pois bem, o preço do modelo no site da Peugeot era da R$ 83 490 e, pouco tempo depois, a marca anunciou que o preço do THP é de R$ 81 490, na cor branca sólida. Mesmo optando pela pintura metálica ou perolizada, o valor desse opcional (R$ 1090) é inferior ao, do digamos, desconto.



Segundo a Peugeot, o 408 THP faz de 0 a 100 km/h em 8,3 segundos, alcançando 213 km/h de velocidade máxima. O preço do THP, com motor do 3008 e câmbio automático sequêncial, agora está igual ao da versão Griffe automática completa, com o já conhecido 2.0 Flex de 151 cavalos e o câmbio automático de apenas quatro marchas. Na atual conjuntura, o 408 Griffe automático só vale a pena para quem não faz questão de esportividade e quer um carro que possa ser abastecido com gasolina e etanol.

Prova do Nissan March (4872 km)

Notei ontem que o para-choque dianteiro está "desencaixado" na parte direita. Não sabemos o motivo

O March esteve sumido por uns tempos e alguns leitores nossos já estavam cobrando por informações sobre o carro. Finalmente hoje será disponibilizado o alarme na concessionária local - o item está em falta desde o lançamento do modelo, em outubro.

Muito sujo por fora... mas agora ele está limpinho!
O compacto da Nissan pegou uma boa terra na semana passada, motivo de sua ausência por aqui, e se saiu sem maiores problemas. Mesmo as calotas, com seu aspecto frágil, mantiveram-se de pé.



A grata surpresa para nós - e para quem acompanha a Prova do Nissan March - é que o consumo melhorou muito nos últimos tempos: saiu da casa dos 8~9 km/l para os atuais 12,1 km/l. O que reforça a tese de que mesmo os carros atuais precisam de um período de amaciamento para atingirem sua eficiência ideal.

Resta saber se ele mantém a média. A título de curiosidade, a autonomia dele está estimada em 193 quilômetros, com metade do tanque.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

BMW X6 é reestilizado para a linha 2013


O BMW X6 passa pela sua primeira atualização no visual desde o lançamento, em 2008. A linha 2013 do modelo traz mudanças leves, que atingiram apenas faróis, lanternas e para-choques, além de novas cores.


Apenas o modelo movido a diesel, X6 M50d, traz mudanças: o motor 3.0 seis cilindros em linha é tri-turbo - sim, tem três turbos - e produz 381 cavalos e 75 kgfm de torque. O xDrive35i a gasolina segue com o motor 3.0 turbo de seis cilindros em linha de 306 cavalos. Já o xDrive50i a gasolina é equipado com o 4.4 de 407 cv. Os dois modelos a gasolina usam câmbio automático de oito marchas. A estreia do X6 2013 ocorre no início de março, no Salão de Genebra (Suíça).



Recall de modelos MINI com motor turbo no Brasil


Anunciado há poucos dias no exterior, no Brasil a BMW convoca recall para seis versões S da MINI, todas com motorização turbo: Cooper S, Cooper S Cabrio, Cooper JCW, Cooper S Clubman, Countryman S e Countryman All4, modelos fabricados entre março de 2006 e janeiro de 2011.

Os modelos, todos equipados com motor 1.6 turbo, podem apresentar problemas na bomba de água suplementar do turbocompressor. Assim, pode ocorrer superaquecimento, o que abre margem para incêndios.

Chassis envolvidos

John Cooper Works: TX01277 a TX42383
Cooper S: T063357 a T063358, TU91691 a TU94992, TZ31405 a TZ99285
Cooper S Cabrio: TG07711 a TG07713, TY06501 a TY66880
Cooper S Clubman: TN71884 a TN73242
Countrymann Cooper S: WH96525 a WH98999
Countrymann Cooper S ALL 4: WK61700 a WK94121

Maiores informações

0800 707 0578
www.minibrasil.com

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Kia apresenta Sportage 2.0 Flex, por R$ 90 900


A Kia passa a oferecer o Sportage com motor 2.0 flex-fuel. A versão produz 178 cavalos com etanol, ante 169 cv com gasolina, e torque de 21,4 mkgf com etanol (20,0 mkgf com gasolina). Por R$ 90 900 com câmbio manual, o Sportage vem com tração nas duas rodas dianteiras, ar-condicionado, sistema keyless (abertura de portas e tampa do porta-malas sem chave), rodas aro 18'', airbag duplo, freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem, e sensor de estacionamento traseiro.

Completo, com  airbags laterais e do tipo cortina e teto solar panorâmico duplo, o Sportage sai por R$ 114 600 na versão 4x2. O 4x4 completo custa R$ 113 400 reais – mas só com dois airbags. Confira na foto abaixo mais especificações da motorização.



Ford apresenta Fusion 2013 para temporada da NASCAR


Uma das categorias esportivas mais admiradas nos Estados Unidos, a NASCAR ainda não começou sua nova temporada, mas a Ford já apresentou a versão do Fusion 2013 para os circuitos ovais. E, desta vez, o modelo ficou bem mais fiel ao carro de rua - veja abaixo as versões anteriores do Fusion para a NASCAR que correspondem aos modelos lançados em 2005 e 2008.


Pois bem, lado a lado, Fusion de rua e de NASCAR reforçam sua semelhança entre si, pelo formato da carroceria e de detalhes como vincos, faróis, grade e lanternas, todos falsos, mas fiéis ao carro de produção.



Porém, o Fusion NASCAR não utiliza tecnologia EcoBoost, como está anunciado em sua lateral. Os carros da categoria continuam a utilizar os musculosos motores V8, as rodas de aro 13 e a tração traseira. O único avanço no quesito mecânica é que o motor não é mais carburado...

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Peugeot 408 Griffe THP é anunciado no site da marca


Lançado em 2011, o sedan Peugeot 408 ganha agora sua versão mais potente, o THP com o motor 1.6 de 165 cavalos compartilhado com o 3008. Até então, seu propulsor mais potente era o 2.0 compartilhado com modelos Citroën (como o C4 Pallas), de 151 cavalos com etanol. Aliás, vale lembrar que o 1.6 THP é movido apenas a gasolina.

Outros diferenciais da nova versão são o volante esportivo, as rodas aro 17'' e o câmbio automático sequencial de seis marchas.

O preço da versão THP é de R$ 83 490, 2000 reais acima da versão 2.0 Griffe com câmbio automático de apenas quatro marchas. Clique no link para conferir a lista completa de itens, divulgada no site da Peugeot 

Renault Logan e Sandero são convocados para recall



Os irmãos de projeto da Renault, Logan e Sandero, terão 10 578 unidades ano/modelo 2012/2012 convocadas para retornar às concessionárias, para a verificação das caixas de direção, que poderão ser substituídas. Um dos lotes de direção hidráulica veio com um defeito que pode causar o travamento do volante.

Finais de chassi envolvidos

Sandero | CJ840383 a CJ932550
Sandero Stepway | CJ856414 a CJ917170
Logan | CJ893124 a CJ937030

Maiores informações

SAC 0800 0555 615
sac.brasil@renault.com
www.renault.com.br

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

JAC J2 deverá chegar assim ao Brasil


Com o vazamento de imagens industriais do JAC J2 reestilizado foi possível elaborar a projeção de como o modelo deverá ser lançado no Brasil. O modelo ganhou um emblema da JAC maior e para-choques retocados. Faróis e lanternas mantiveram seus formatos originais.

O JAC J2 chega após o J5 (já disponível para pré-venda). O modelo será flex-fuel (outro modelo que também passa a ser Flex este ano é o J3, com um sistema que abandona o tanquinho de partida a frio) e custará por volta de R$ 30 mil.

Projeção | Italo Borges Design


Volkswagen up! ganha a versão quatro-portas


A Volkswagen apresenta o up! quatro-portas, que deverá ser vendido na Europa a partir de maio deste ano. A montadora espera que cerca de 50% das vendas do up! sejam da nova versão, que traz visual bem semelhante ao modelo duas-portas, incluindo a tampa traseira de vidro.


O up! possui porta-malas de 251 litros, que pode ser ampliado para 951 litros com o banco traseiro rebatido; o espaço interno é adequado para quatro adultos e sua gama de versões e equipamentos é idêntica à do up!, incluindo o City Emergency Brake, que freia o carro automaticamente em caso de iminência de acidente entre 5 e 30 km/h.

up! quatro-portas será oferecido nas versões take up!, move up!, high up!, black up! e white up!  

Lobini H1 ganha série White Edition


A Lobini prova que está disposta a continuar produzindo o H1 e, mais que isso, apresenta a série White Edition, que pode receber os tons pérola ou sólido de branco na carroceria. A versão tem bancos de couro em cinza com o logotipo da Lobini, peças em fibra de carbono e rodas TSW aro 17'' na cor grafite.


O motor é o 1.8 da Audi, que pode render 180 ou 220 cavalos, enquanto a transmissão é manual de cinco marchas, e a tração, traseira. 

O Lobini H1 White Edition faz de 0 a 100 km/h em 6,0 segundos, atingindo 230 km/h de máxima. Ele possui como opcionais sensores de estacionamento e cintos de segurança de quatro pontos. O esportivo pode ser encomendado por R$ 179 000, sem contar o valor do frete.


Dê um like!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...