domingo, 31 de janeiro de 2010

Linha R da VW pode virar divisão esportiva



A Quattro GmbH prepara os modelos “S” da Audi. E parece que a Volkswagen ficou com ciúmes e quer criar uma divisão especial para preparar os modelos da linha “R”.

Além de fazer modelos mais apimentados que os atuais carros da linha “R”, haverá a possibilidade de fazer alterações no veículo de acordo com a vontade do cliente. O anúncio oficial da suposta “R GmbH” pode acontecer no Salão de Genebra, em Março.

Seguro do carro vai ficar mais caro devido as chuvas em São Paulo



Devido aos grandes alagamentos na cidade de São Paulo e arredores, as seguradoras agora estão pagando cada vez mais para socorrer seus segurados.

O acionamento do seguro aumentou bastante na região este mês, pulando dos 400 em 2009 para 1.500. Esse aumento vai provocar uma subida nos preços dos seguros de quem mora nessas regiões.

Especialistas dizem que o caixa das seguradoras não vai comportar esse excesso de pagamentos e que o custo vai acabar caindo no colo dos consumidores.

Ainda não há estimativas de quanto irá subir os preços dos seguros, já que Janeiro ainda nem terminou e não há como medir o impacto disso no mercado, por enquanto.

Em Dezembro, o número de acionamentos do seguro aumentou 20% na capital e grande São Paulo. Além disso, grande parte dos consumidores optaram pelo seguro total do veículos, sendo este até 50% mais caro que o parcial.

Hoje em dia, 9 em cada 10 contratos de seguro contemplam danos provocados por alagamento. Então, o consumidor já pode se preparar para pagar mais pelo seguro de seu automóvel na maior metrópole do país.

sábado, 30 de janeiro de 2010

O novo Fiat é flagrado novamente



O compacto que a Fiat vai lançar possivelmente em abril foi flagrado novamente. O carro circulava sob um pesado disfarce no Anel Rodoviário de Belo Horizonte. Apesar da camuflagem, as linhas do carro que deve se chamar Uno não são mais segredo para ninguém.

As lanternas traseiras ficarão na coluna C, enquanto a lateral terá um vinco oval na base das portas. A frente será lisa entre os farois, com três quadrados do lado direito como decoração. A tomada de ar para o motor será feita pelo pára-choque.

Confirmada: Ferrari híbrida virá nos “próximos anos”



Foi confirmado, durante a cerimônia de apresentação do novo carro de F1 da Ferrari, o lançamento de um modelo híbrido para "os próximos anos". Pode parecer bastante vago, mas a Ferrari apresentou pela primeira vez, em março do ano passado no Salão do Automóvel de Genebra, o 599 Hydrib, que deverá chegar às estradas apenas em 2013.

O modelo conta com um pequeno motor-gerador elétrico, acoplado a transmissão, inclui uma bateria de íons de lítio, além de contar com um sistema de recuperação de energia cinética resultante das travagens. Tal sistema, o mesmo utilizado na Fórmula 1, conhecido de KERS, beneficia a aceleração e recuperações. Também estará incluso a tecnologia Start&Stop, que desliga o motor quando o carro para no semáforo, por exemplo. O motor de doze cilindros em V estará combinado com a tecnologia de economia de combustível, possibilitando um consumo médio de 17l/100 km.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Marca de cerveja compra Artega



Artega GT

O grupo mexicano Tresalia Capital, proprietário da cerveja Corona, adquiriu 100% das ações da fabricante de automóveis alemã Artega Motors. A montadora foi lançada em 2007 e apresentou seu primeiro conceito, o GT, durante o Salão de Frankfurt de 2007. No entanto, o modelo ainda não foi colocado à venda.



Cerveja Corona

Com a compra, o grupo mexicano espera colocar o esportivo em produção até o mês de março para ser lançado no Salão de Genebra (Suíça). Desenhado por Henirk Fisker, autor do Aston Martin DB9, o esportivo Artega GT nasceu com 1.100 quilos e um potente motor Volkswagen V6 3.6, com 300 cavalos de potência, o mesmo do Passat CC.

Ou é Montana ou é Opala



Essa conversão de Opala em picape foi no mínimo criativa! Em vez de pegar uma Caravan e enfiar a serra, pegaram um resto de Montana e grudaram no Opala com muita massa, um serviço de sexta categoria.



Apesar de horrendo, o visual ficou diferenciado e de quebra ainda aderiu à moda das picapes ”cabine dupla”(sem janela)…

Loja do Oriente Médio afirma ter a primeira unidade do Chevrolet Camaro Convertible 2010



A versão conversível do Chevrolet Camaro ainda nem foi lançada e uma loja do Oriente Médio afirma ter a primeira unidade dele a venda. Ela fica em Abu Dhabi e se chama Princesscar. O carro em questão está mais para um Camaro transformado.

Existem empresas especializadas que criam essas versões conversível de modelos que não tem a opção disponível, como por exemplo a Drop Top Customs. Será que é golpe?

Honda faz recall mundial de Fit e City, por problema em botão do vidro elétrico traseiro





A Honda faz um recall dos modelos Fit e City, de mais de 640.000 unidades deles. A Honda do Brasil ainda não sabe especificar se o recall afetará os modelos vendidos no Brasil, mas é provável que sim. O recall foi causado principalmente por causa de um acidente, onde uma criança morreu quando o carro em que estava pegou fogo.

Os modelos afetados pelo recall estão espalhados ao redor do mundo. Apenas os feitos no Japão conseguiram escapar. A causa específica do recall, de acordo com a Honda, é que deverá ser substituído um componente que pode fazer com que água entre no interruptor acionador do vidro, causando, em alguns casos, fogo. Esse fogo teria matado a tal criança, chamada Vanilla Nurse.

Ela morreu com dois anos de idade na Cidade do Cabo, na África do Sul, enquanto dormia.

Os pedais da Honda não enroscam, como dizia o letreiro exibido pelo AUTO REALIDADE (http://autorealidade.blogspot.com/2010/01/honda-provoca-toyota.html), mas ela também não é perfeita...

Se beber, não pegue esse táxi



O acidente tirou a vida do casal que estava no Prisma (foto abaixo)... que amigão esse taxista...

Gol Seleção pode ser a versão comemorativa da Copa 2010



O Gol Seleção teria visual mais esportivo, semelhante ao Gol GT da foto

É tradicional em que todo ano de Copa do Mundo a Volkswagen lance uma versão comemorativa do Gol, a Copa. Entretanto, neste ano parece que a coisa vai mudar. O modelo deve se chamar “Gol Seleção”, nome que já foi registrado pela montadora alemã.

O motivo da troca? Talvez seja a parceria de patrocínio acertada entre a CBF e a Volks no ano passado, que dura até a Copa de 2014, que será realizada no Brasil. Há também outros nomes curiosos registrados pela Volks, como “Saveiro Xroad”, “Spacefox Xroad” e “Fox Iron”. Ainda não está certo se haverá a mudança do nome, mas que haverá uma versão comemorativa do Gol, não há dúvida.

Jogadores do Bayern testam Audi A1



A Audi continua atacando com a sua estratégia de divulgar o novo A1 por todo o mundo. Depois de inúmeros teasers em forma de fotos e vídeos, agora a montadora adotou uma estratégia bastante curiosa. Ela colocou dois jogadores de futebol do Bayern de Munique para dirigir o compacto em um trajeto de cones. O meio-campo Bastian Scheinsteiger e o zagueiro Philipp Lahm foram os escolhidos.

Veja o vídeo em:

http://www.youtube.com/watch?v=_WTyARGpFyY&feature=player_embedded

Ambos se revezam na direção do A1 dentro de um galpão, em um circuito de cones. Em um bate-papo descontraído, a dupla revela o que gostou no carro, que é um dos mais esperados da montadora nos últimos tempos. “O A1 é pequeno e compacto, mas fantástico de dirigir. Gostei disso”, afirmou Lahm. Já Scheweisnteiger, foi mais longe: “É um verdadeiro esportivo. Está entre os favoritos para a minha próxima compra”.



O compacto, porém, não foi revelado e ficou escondido por meio de efeitos especiais (veja acima).



Acima, a única foto do Audi A1 sem disfarces

Honda provoca Toyota...



Essa é uma daquelas frases típicas do tempo de colégio, quando você queria provocar um amigo, não pensava duas vezes e soltava uma frase maldosa. Foi mais ou menos isso que uma concessionária Honda fez em Dallas, nos Estados Unidos, para provocar a sua eterna concorrente Toyota.

Devido aos recentes envolvimentos da Toyota com recall de vários modelos, que já atingiu mais de 5.360.000 carros não apenas nos Estados Unidos, mas também na Europa, a concessionária resolveu provocar a concorrente. Ela estampou em seu outdoor eletrônico uma frase que diz algo assim: “Nossos pedais não enroscam”. Trata-se de uma alusão a um dos principais motivos de recall da Toyota, que terá de investir cerca de US$ 550 milhões para atender todos os modelos envolvidos nas convocações. Vale este tipo de provocação?...

Peugeot 308 Sedan é flagrado no Brasil



O modelo flagrado...



... e o revelado na China

A Peugeot segue com os testes de desenvolvimento do 308 Sedan em ritmo acelerado. O carro foi flagrado em testes no interior de São Paulo, bem camuflado. Apesar disso foi possível perceber que se trata do 408 chinês, inclusive o painel, como mostra uma das fotos com a porta do lado do passageiro da frente aberta. Pelo pequeno vão da camuflagem na traseira também percebe-se que as lanternas são as mesmas do modelo feito na China que foi mostrado oficialmente ontem pela marca francesa. Trata-se do primeiro flagra do novo sedã no Brasil.

Visto de frente pouca coisa muda em relação ao 308 vendido na Europa. Equipado de série na China com freios ABS airbag duplo e ar-condicionado, o modelo estará disponível em sete versões com motores 1.6 e 2.0. Como opcional, a marca francesa oferece teto-solar panorâmico, rodas de 17”, faróis de xenônio e controle eletrônico de estabilidade (ESP).

Tiguan ganha auxílio de estacionamento



A linha 2010 do Volkswagen Tiguan recebe como novidade o sistema Park Assist, que auxilia o motorista a fazer balizas. Um sensor no pára-choque dianteiro mede a vaga. Se o carro couber, o motorista só precisa acelerar e freiar, já que a direção vai virar sozinha.



Além disso, o carro de trás é mostrado em uma tela no painel. A imagem é captada por uma câmera instalada na traseira do Tiguan. Além do Park Assist, o SUV ganhou novos comandos do ar-condicionado e sistema de som com tela sensível ao toque. O Park Assist custa R$ 3.765.



O opcional também estará disponível na linha Passat em breve.

Honda, Nissan e Hyundai abrem mão de "bater" na Toyota



Toyota Matrix, afetado pelo recall

A crise de imagem da Toyota, provocada pelo inédito recall de milhões de carros da marca nos Estados Unidos, Europa e China, não será usada como combustível para impulsionar as vendas de suas tradicionais rivais orientais - Honda e Nissan, do Japão, e Hyundai, da Coreia do Sul.

Foi o que disseram representantes dessas três empresas ao Wall Street Journal. Pelo menos da boca para fora, nenhuma delas pretende tripudiar sobre a Toyota, oferecendo algum tipo de benefício a consumidores que eventualmente tenham desistido, ou que ainda possam desistir, de comprar um carro dessa marca depois que, nos EUA, foi anunciado um recall e em seguida a suspensão da produção dos modelos Corolla, Camry, Avalon, RAV4, Matrix, Tundra, Sequoia e Highlander.

Esses oito carros respondem por cerca de 53% das vendas da japonesa -- hoje a maior montadora do mundo -- no mercado norte-americano. Um problema no pedal do acelerador, que pode se prender e não retornar à posição inicial, obrigou a um recall que começou com 2,3 milhões de unidades nos EUA, e que já inclui outros milhões na Europa e na China. O Brasil, segundo a filial da Toyota, está fora.



Toyota Highlander, afetado pelo recall

"Não faremos nenhuma atividade de vendas voltada especificamente aos compradores de Toyota nos EUA", disse um porta-voz da Honda, citado pelo WSJ. A Nissan, segundo o jornal, anunciou que teria a mesma postura da conterrânea. Já a sul-coreana Hyundai, tida como a montadora mais agressiva do mundo em termos de marketing e estratégia, prometeu apenas prosseguir com sua "política de preços [mais baixos]", e apostando na "qualidade e imagem de marca" de seus produtos.

Tanto o WSJ quanto o boletim especializado Automotive News qualificaram o gesto das montadoras asiáticas como de "solidariedade" à rival Toyota, num momento que pode ser o mais difícil de sua história, talvez mesmo ameaçando sua recém-conquistada liderança global em vendas.

Nos EUA, Ford e General Motors não demonstraram a mesma fidalguia (seja ela sincera, seja ela apenas pelo medo de um dia estar na mesma posição defensiva da Toyota), e já prometem descontos e outros benefícios a consumidores que desejem trocar seu Toyota usado ou financiado por um carro das duas marcas. A própria Toyota deve reagir, oferecendo barganhas para atrair compradores às revendas.

Toyota: Mega recall chega a Europa e China



Toyota Venza, afetado pelo recall

O mega recall da Toyota nos EUA agora se espalha como uma pandemia. Depois de afetar milhões de unidades na América do Norte, obrigando o cancelamento de vendas de oito modelos, fora os adicionais que você viu na postagem anterior, agora a chamada chega aos europeus e chineses.

A Toyota ainda não informou a quantidade de unidades a serem chamadas no velho continente, mas especialistas calculam em torno de 2 milhões! Já a China terá um recall de “apenas” 75.552 unidades do RAV4 com o mesmo problema no acelerador.

Se os números da Europa se confirmarem, a Toyota terá mais de 8 milhões de veículos afetados pelo recall, um número impressionante e que reflete a maior crise que a montadora japonesa jamais imaginou em sua história.

Recall da Toyota envolvendo acelerador que se prende tem MAIS 1,1 milhão de carros envolvidos



Sobre os recalls da Toyota, existem ao menos dois, um envolvendo 4,26 milhão de veículos, por causa de acelerador que se prende no tapete e outro de 2,3 milhão de carros que tem outro problema envolvendo o acelerador.

Estes 1,1 milhão de carros adicionais entram no primeiro, o de 4,26 milhões de carros. Os modelos adicionais são:

2008-2010 Highlander
2009-2010 Corolla
2009-2010 Venza
2009-2010 Matrix
2009-2010 Pontiac Vibe - abaixo(!)

Honda Prelude de viciado em NFS



Um raríssimo Honda Prelude destruído por seu dono… O antes belo cupê ganhou grade de galinheiro, capô multifarejador, aerofólio, vinyls, lanternas Crystal e rodinhas de gosto duvidoso.





Por dentro, detalhes coloridos nada a ver, volante retangular e claro que não podia faltar: "chão de ônibus"!!! Repare na placa que até o carro não gostou do que fizeram com ele: FFF...

O Prelude está à venda por incríveis R$ 30 000!!!

Focus 2.0 Flex chega em março



A versão 2.0 flex do novo Ford Focus chega finalmente às concessionárias no fim de março, dando mais um passo importante para a renovação da linha do modelo médio. O carro tem sido esperado com grande expectativa, assim como o topo de linha Titanium, deverá ficar um pouco acima da Ghia. Enquanto isso, as lojas fazem oferta dos Focus 2.0 a gasolina.

Na semana que vem começam a chegar as primeiras unidades 1.6 Flex da nova geração do Focus às lojas, com preços que partem de R$ 49.900. Mas essa versão mais em conta não deverá ser a mais vendida, já que por R$ 52.900 é possível levar a GLX, mais equipada. E com a chegada do novo 1.6 Flex, a versão anterior está praticamente esgotada. As últimas unidades foram vendidas na semana passada, entre R$ 39.500 e R$ 41.900.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Chevrolet Volt: o EV2?



EV2? Bem, dizem por aí que, quando o EV1 estava sendo gestado (no começo da década de 90), a GM assegurou vários nomes EV subsequentes – os quais, como sabemos agora, nunca precisaram ser usados. Então, enquanto o nome oficial do aguardado híbrido de autonomia estendida da Chevrolet é “Volt”, eu gosto de pensar nele como o que poderia ter finalmente seguido o EV1... com o pequeno detalhe de uma década perdida antes dos fabricantes de baterias automotivas finalmente descobrirem a química de íons de lítio que tem sido há muito usada em laptops e celulares.



O Volt representa um passo significativo em direção à produção do carro, agendada para o final deste ano. E quais são as grandes conclusões da experiência limitada de dirigir em um estacionamento? Uma é que a experiência de ligar o motor/gerador (o que ocorre quando a carga da bateria cai a cerca de 30%) é muito mais imperceptível do que eu poderia supor. Outra é que, apesar do trem de força de outro mundo, dirigir o Volt é impressionantemente como qualquer carro comum (minha mãe nunca saberia a diferença). A terceira é que os céticos quanto ao Volt ficarão muito sem graça se continuarem duvidando da seriedade deste veículo.

É interessante comparar rapidamente o velho EV1 com seu descendente. Enquanto o EV1 é mais avançado aerodinamicamente, e composto primariamente de alumínio leve, o Volt chegou perto de se equiparar à mesquinharia do carro antigo, utilizando um chassi tradicional de aço emprestado do Chevrolet Cruze (embora altamente modificado, incluindo várias diferenças na espessura da chapa metálica). E mesmo que ainda seja bastante aerodinâmico, o perfil continua fornecendo espaço modesto no banco traseiro (o EV1 era estritamente para dois lugares).

Será que o modelo será vendido por aqi? Até lá, quem sabe o gosto por carros ambientalmente corretos seja mais difundido entre os brasileiros...

Quatro Rodas é a primeira publicação brasileira a andar no GM Volt



O Chevrolet Volt, o primeiro carro elétrico produzido em série apresentado por uma grande montadora, é um dos destaques da edição de fevereiro de 2010 de QUATRO RODAS.

A base do Volt é bem parecida com a do sedã Cruze. Uma das diferenças fica por conta das chapas mais leves do modelo híbrido. O Volt começará a ser encontrado nas ruas dos Estados Unidos a partir do início do ano que vem, quando chega às lojas.

Novo VW Touareg 2011 é revelado por miniaturas



Agora, quando um carro não é descoberto por registro de patentes (caso do novo Uno), aparece como miniatura (como o Twingo CC, já mostrado no AUTO RELIDADE).

Dessa vez, quem foi revelado foi a nova geração do Volkswagen Touareg em miniatura da Schuco.

Pelo o que as fotos mostram, o novo Touareg sequirá o design dos atuais modelos da Volks, em especial o Golf, o que o deixou com um “ar” mais esportivo. Pouco deve mudar em sua estrutura, mas muda para o deixar mais leve.



Os motores serão mantidos, um 3.6 V6 e um 4.2 V8, mas deverão ser mais econômicos. O lançamento é aguardado para março no Salão de Genebra, mas as vendas só começam no final do ano. Dessa geração também surgirá uma versão híbrida, que deve começar a ser vendida em 2011.

Recall da Toyota pode chegar à Europa



Toyota Avalon, sedan grande comercializado nos EUA, foi afetado pelo recall

Após suspender vendas e produção de oito veículos nos Estados Unidos, na noite da última terça-feira (26), a Toyota agora está prestes a comunicar que o mesmo recall que motivou a ação no mercado norteamericano chegará à Europa. De acordo com reportagem publicada pelo diário econômico Financial Times, o centro europeu de operações da montadora, em Bruxelas, na Bélgica, investiga no momento que modelos estariam afetados pelo problema no pedal do acelerador e quantos veículos na região podem ser envolvidos na provável convocação.

Ainda segundo a publicação, a Toyota não pretende paralisar a produção de veículos em suas fábricas européias, medida que será executada a partir do dia 1º de fevereiro nas cinco plantas da América do Norte - quatro nos Estados Unidos e uma no Canadá. O recall anunciado pela marca nipônica, que motivou a suspensão das operações nos dois países, envolve expressivos 2,3 milhões de veículos. O mesmo defeito detectado no pedal do acelerador também foi responsável por outro gigantesco recall, em novembro de 2009, com 4,2 milhões de veículos envolvidos.

Os oito modelos concovados pela montadora nos mercados norteamericano e canadense são: Avalon, Camry, Corolla, Highlander, Matrix, RAV4, Sequoia (abaixo) e Tundra.



A Toyota do Brasil comunicou que a ação anunciada nos Estados Unidos não afeta - pelo menos até o momento - os modelos produzidos no Japão e comercializados no Brasil. Entre eles, estão o sedã médio grande Camry e o utilitário esportivo médio RAV4 (abaixo).

Saab é finalmente vendida para Spyker



Saab 9-7x

Por fim a venda da Saab para a Spyker foi concretizada, assim a empresa sueca continua viva, fora das mãos da GM, sendo controlada agora por holandeses. As negociações para a compra incluíram 50 milhões de euros em dinheiro, 230 milhões em ações e crédito de 400 milhões, tendo o governo sueco como avalista.

A nova empresa criada se chama Saab Spyker Automobiles. O mais importante, além de mais detalhes do negócio, não foi divulgado: o plano da Spyker para a Saab, ou os planos. A novela acabou graças a uma fabricante de esportivos com menos de 200 funcionários, que foi capaz de adquirir uma montadora com mais de 3000 funcionários.

Grupo PSA confirma produção do 408/308 Sedan



O presidente da PSA Argentina, Osvaldo Baños, confirmou o lançamento de um carro médio da Peugeot para este ano, além dos novos Peugeot Partner e Citroën Berlingo (que, nesse caso, trata-se de uma reestilização), fabricados na fábrica de El Palomar, em Buenos Aires.

Sem especificar que estava falando do 308 Sedan, o executivo declarou: "É um carro totalmente novo. Não está sendo produzido em outros lugares e não será um modelo exclusivo da América Latina. Será feito em outros países também".

Em entrevista ao jornal "La Nacion", Baños foi questionado sobre o motivo do mercado brasileiro ser mais forte do que o argentino. "O Brasil cresce mais que a Argentina por causa dos carros pequenos. Cada vez mais há gente que acessa o mercado automobilístico e opta pelos pequenos. Isso gera uma dinâmica que acaba por afetar a Indústria nos dois países", afirmou Baños.

O grupo PSA já esclareceu que, enquanto a Argentina fabrica carros médios (como Peugeot 307, Citroën C4 hatch e C4 Pallas), no Brasil são fabricados carros pequenos (Peugeot 207, 207 SW, 207 Passion e C3). "O 207 nós compartilhamos", completou.

Segundo Baños, o mercado argentino deve fechar o ano de 2010 com um 570 mil unidades vendidas, correspondendo um cresciemnto de entre 10% e 15% em relação a 2009. O recorde foi 2008, com 610.780 unidades. Apesar de 2009 ter sido um ano turbulento para a Argentina, politicamente falando, ele diz que a Peugeot busca uma reedição de imagem desde 2007 e, a Citroën, desde 2009.



Ele admite que, em 2009, a PSA desacelerou alguns projetos, exigindo ajustes. A 207 Pickup foi um dos projetos adiados, e será lançada no primeiro trimestre deste ano.

Toyota suspende a venda de oito modelos nos EUA



Toyota Matrix (vendido apenas nos EUA)

A Toyota chegou a uma atitude drástica nos EUA. Anunciou que está suspendendo as vendas de oito modelo, os que foram alvos do recall da semana passada, por problemas no acelerador. A marca está com sérios problemas de qualidade por lá, e os problemas ficaram sérios.

A suspensão das vendas envolve uma porção considerável da frota da Toyota e alguns dos seus veículos mais populares, incluindo o Camry e o Corolla. Como parte do plano, a Toyota também vai suspender a produção em cinco fábricas na próxima semana, “para avaliar e coordenar atividades”. São pelo menos 2,3 milhões de veículos envolvidos no recall anunciado na semana passada.

O vice-presidente da Toyota nos EUA, Bob Carter, disse que essa ação é necessária até que uma solução seja encontrada. Os modelos que tem suas vendas paralisadas são: RAV4, Corolla, Camry (abaixo), Matrix, Avalon, Highlander, Tundra e Sequoia.



A Toyota vende em torno de 65.000 Corollas e Camry por mês nos EUA, e isso pode arranhar a reputação de que a Toyota tem de ser uma empresa que prima pela qualidade. É muito grave se eles não podem vender os veículos e não conseguem identificar o problema.

Não ficou claro quanto tempo a Toyota pretende manter suspensa a produção dos veículos. Para seus funcionários, a Toyota disse que não sabe quanto tempo a suspensão irá durar.

A Toyota do Brasil se mexeu antes de perder quaisquer vendas por medo do problema que anda afetando seus modelos nos EUA. Ela afirmou em nota oficial que os carros da marca vendidos no Brasil não são atingidos pelo recall de oito modelos.

Já a suspensão da fabricação de modelos lá nos EUA não foi comentada pela filial brasileira. Veja a nota oficial:

"A propósito do recall anunciado ontem (26/1) pela Toyota Motor Sales, dos Estados Unidos, a Toyota do Brasil informa que a campanha não atinge o mercado brasileiro, restringindo-se apenas aos veículos fabricados na América do Norte. Os modelos Camry e RAV4 comercializados no Brasil são provenientes do Japão, e o Corolla é produzido localmente na planta de Indaiatuba (SP). Os demais veículos citados na campanha (Tundra, Matrix, Highlander, Sequoia e Avalon) não são vendidos no Brasil."



Toyota Corolla norte-americano, muito semelhante ao brasileiro

Chevrolet Malibu é flagrado quase sem disfarces



O Chevrolet Malibu estava quase sem disfarces na rodovia Anchieta.

A traseira do carro estava toda a mostra e com placa de fábrica, já a dianteira com a nova identificação visual da GM estava apenas com o logo chevrolet coberto.

O painel do carro era de um tom caramelo, e aparentemente não mostrava nenhum instrumento de aferição adicional (como aqueles usados em testes), o que mostra que o carro deve estar quase pronto para ser lançado.

Gol geração 5 não combina com Orbital

Veja só o que esse cara fez...

Aceito doação de Porsche Panamera



Na verdade o que ocorreu foi o seguinte:

Numa rodovia em Hong Kong, na China, um carro parou de repente e provocou um engavetamento de sete carros, incluindo este Porsche Panamera.

Dê um like!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...